• Seja bem vinda(o) a Casa da Toalha, encontre aqui produtos de alta qualidade com o melhor preço.
0
Seu carrinho está vazio

Artigos

Quais os cuidados para evitar contaminações com toalhas?

Publicado em 11.02.2021 |
231 visualizações

Bom, para saber quais os cuidados para evitar contaminações com toalhas, primeiro é bom saber quais são as ameaças a combater.

O que acontece é que as toalhas, por ficarem úmidas acabam se tornando ambientes extremamente favoráveis para bactérias e fungos. E ainda mais se a higienização delas não for bem feita. Mas isso só acontece porque elas ficam molhadas? Também, mas isso é ainda mais favorável porque o banheiro também é úmido e porque, ao secar o corpo com as toalhas, passamos matéria orgânica para ela. Como assim? Sim, matéria orgânica.

É a pele que descamou e que secamos, passando para a toalha. Fios de cabelos, também.

Assim, ácaros, fungos e bactérias se proliferam facilmente.           

Por isso, a primeira medida é estar certo de que, após o uso, a toalha será estendida em local arejado para que seque bem. O banheiro, se possível, também deve ser arejado para sair a umidade.

cuidados evitar contaminacao toalhas

Saúde da pele e toalhas


As toalhas entram em contato com nossa pele, afinal elas servem para secar após o banho. E, mesmo que estejamos saudáveis, a descamação é algo natural e a pele vai deixar um pouco de si na toalha, assim como cabelos.

Mas e quando estamos com algum problema na pele? Ele também passa para a toalha. E vice-versa.

Há diversos tipos de problemas de pele que podem passar para as toalhas. E das toalhas para nós. Se alguns dos males se criam na toalha, outros são apenas transportados.

Toalhas: cada um na sua


Ou seja, assim como uma toalha com bactérias pode nos infectar, nós também podemos passar problemas de pele para ela. Por isso é tão importante não compartilhar.

Esse é um dos quesitos importantes quando se pensa em quais os cuidados para evitar contaminações com toalhas.

Alergias, dermatites e lesões, inclusive HPV, são possíveis de passar inclusive de uma pessoa para outra só pelo uso de toalhas. Por isso, lembre-se: cada um com a sua toalha.

Atenção também com as toalhas de rosto ou de mão: elas também podem ser fonte de contaminação se usadas por mais de uma pessoa.

Cuidados com as toalhas: quanto tempo para lavar


Então, quais os cuidados para evitar contaminações com toalhas? O primeiro deles é lavar com frequência. Uma semana é o máximo, mas pode ser que você precise lavar em três dias ou dia sim, dia não. 

Tudo isso vai depender da umidade do banheiro, se você consegue arejar, deixar a toalha ao ar livre, secando, ou se ela fica úmida. Quanto mais ela ficar em ambientes que não sejam secos, mais rapidamente deve-se lavar.

Nada de deixar enroladas e molhadas no banheiro, no quarto, em cima da cama ou no chão, que vai só aumentar a quantidade de umidade e de sujeira e bactérias.

E, além disso, é importante que as toalhas sejam guardadas também em local seco.

Lavagem segura das toalhas


Para tirar bactérias, há a possibilidade de lavar com água quente e até de secar também, fazendo uma esterilização. Mas isso acaba danificando as toalhas com o tempo, por isso o ideal é só fazer isso quando alguém estiver doente ou se alguém diferente usou as toalhas.

Do contrário, outros cuidados ajudam na lavagem segura das toalhas, como lavar substituindo o amaciante pelo vinagre branco e acrescentando bicarbonato de sódio na hora de lavar.

Isso vai contribuir não só para que as toalhas fiquem mais macias e mantenham a cor como também sejam desinfectadas. Conforme a necessidade, você pode deixar de molho com os dois ingredientes, que servem tanto para tirar manchas como para a lavagem diária. 

E, além disso, contribuem para toalhas mais macias, sem o risco de entupimento das fibras causado pelos amaciantes.

Onde guardar as toalhas?


Se você tem um espaço no banheiro, talvez pense em colocar lá as toalhas. Talvez até seja possível, mas antes é bom avaliar se ele realmente isola as toalhas que estão limpas da umidade que é comum ao banheiro.

Caso o lugar seja aberto, como uma prateleira, por exemplo, mesmo que as toalhas não estejam em uso elas vão acabar ficando úmidas. E, aí, quando você for usar, elas estarão úmidas e também contaminadas antes mesmo de você usar.

Lembre-se de que além da umidade há a descarga do vaso, que também é fonte de bactérias, e ficando ali elas vão acumulando toda essa exposição.

Por isso, o ideal é ter um outro móvel ou espaço em outra peça, no quarto, closet ou em um aparador, que mantenha as toalhas sempre secas e limpas até o próximo uso.

Casa da Toalha e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.